Lutterbach - Fotografia Autoral

A FOTOGRAFIA EM SUA ESSÊNCIA

Quando buscamos palavras para definir o que fazemos hoje, depois de quase uma década de trajetória, nos deparamos com uma que se tornou nosso fundamento: BELEZA. Para alcançá-la tivemos de apurar nosso estilo e a capacidade de enxergar o simples com certo refinamento. Afinal, não é qualquer beleza que buscamos, mas aquela menos óbvia, mais escondida.

Essa é uma das conquistas que a maturidade nos proporciona, se realmente nos damos espaço para nos (re)conhecer e entender porque atraímos algumas pessoas e afastamos outras.

Assim como nós dois, temos casais e famílias que nos procuram das mais diversas personalidades, mas com algo em comum que nos toca: o gosto pela assinatura artística e por um trabalho que tenha vida e marca. São pessoas que reconhecem que o maior luxo é ser natural e leve como uma brisa da manhã experimentada lá do alto de uma montanha.

Fotografar e ser fotografado é uma dança, ou uma música composta com o outro, o que encaramos como uma relação maravilhosa e de extrema intimidade. Vivenciar isso com alguém só é possível se a forma e o resultado se basearem em SUTILEZA, outra palavra que norteia toda nossa vida pessoal e profissional.

O diálogo com variadas formas de expressão da arte, como o desenho e o cinema, compõem nossa estética, mas não há inspiração maior do que a força e fluxo interminável da natureza. Da luz do sol que nos guia, à mudança das cores das folhas em cada estação: tudo isso provoca nossa fotografia. Nossa vida.

E seguimos captando essa essência do tempo em que vivemos, tão fugidio. Para que assim, o passado se vá inevitavelmente, mas que se torne memória eternamente impressa.

CAROL E FERNANDO LUTTERBACH